quinta-feira, 28 de abril de 2011

CAPADOR


Gaita do Capador

  O capador tinha uma gaita muito parecida com a do amola-tesouras e o som até podemos dizer que era o mesmo.
Os lábios percorriam devagar num sentido e apressadamente no outro, provocando um arrepio nos putos que o ouviam.
Não, o som não era desagradável, mas na aldeia diziam que era o capador e que vinha capar (castrar para os mais modernos), os meninos que não se portassem bem!!! Nesse caso havia poucos que tinham coragem de se aproximar do capador.
Modelo de Faca de Capador muito antigo


modelo de faca moderno


domingo, 24 de abril de 2011

Ainda se lembram d'elas ?

Eram fabricadas em Trancoso














quinta-feira, 21 de abril de 2011

QUEM DIRIA !!!!!

Chegou-me a noticia de que o caminho mau já tem luz eléctrica até à barragem

Aqui está a prova
Foto de: FILIPA  C.

segunda-feira, 18 de abril de 2011

MELHORAMENTOS NA FONTE DA ALDEIA NOVA

Valeu a pena!!!!

Antes
 FOTOS: De Cláudia e de


















Antes
Foto de: Filipa C.
Parede à beira da estrada, na aldeia nova

O sete é número muito importante.


Já reparaste quantas vezes o empregamos?
 

Fechar a 7 chaves.
Falar com 7 pedras na mão.
Estar com 7 olhos.
Estar nas suas 7 quintas.
Fugir a 7 pés.
7 cães a um osso.
O homem dos 7 instrumentos.
Os 7 dias da semana.
As 7 partidas do mundo.
As 7 notas de música.
as 7 colinas
as 7 maravilhas do mundo
As 7 vidas do gato
7 e 7 são 14, mais 7, faz 21,
Tenho 7 namorados e não
caso com nenhum

Os sete pecados capitais;
as sete virtudes teologais;
Deus descansou ao sétimo dia;
o setestrelo;
 " Passei rente ao alecrim,
sete folhas lhe colhi.
Eram os sete sentidos
que eu tenho postos em ti".

sábado, 16 de abril de 2011

CALDEIREIRO

foto 1941
      

Caldeireiro à pooooorta!- era um homem vestido com um fato de ganga meio enxovalhado, que dava a volta ao povo a bater com um martelo numa sertã.
As senhoras que tivessem  tachos ou panelas com pequenos furos,panelas com falta de pernas, pratos e tachos de barro partidos, eles tapavam com um pingo de solda, punham uns 'gatos,' rebites ou cravos (não sei qual será o mais apropriado destes três nomes), ponham pernas novas nas panelas, deixando-os de novo aptos para servir.

Exemplo, uma panela concertada pelo caldeireiro

domingo, 10 de abril de 2011

PANELAS DE FERRO

capacidade: 50 litros, colecção de Jorge A. F.
Dando continuidade a lembranças da minha infância, hoje é a vez da famosa panela de ferro fundido, também conhecida por panela de 3 pés.

Ainda me lembro delas, de vários tamanhos,Aqui temos algumas que podiam levar  50L.

estrategicamente colocadas à volta da fogueira na cozinha, tanto na casa dos meus pais, como na dos meus avós, assim como em todos os lares da aldeia!


A pouco e pouco foram surgindo novas tecnologias e actualmente raras são as pessoas mesmo nas aldeias que não se renderam aos modernos utensílios de material mais prático , abandonando quase por completo a tradicional panela de ferro.

A medida que se vão tornando inutilizáveis na cozinha, é-lhes imediatamente dada nova função ... assumem o papel de "vasos" ostentando belas espécies de plantas e flores decorando varandas, balcões e alpendres, ou como objecto decorativo no interior das casas.

sábado, 9 de abril de 2011

Provérbios Populares

Vinha que rebenta em Abril dá pouco vinho para o barril

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Cegos papelistas



Vem de muito longe a memória dos cegos papelistas que, por mercados, feiras e romarias
e também pelas aldeias, como era o caso do Terrenho.   
Apregoavam casos estranhos,como por exemplo :
A mãe que matou os três filhos à machadada; a costureira que descobriu que o noivo a enganava e se matou no dia do 

casamento; a Maria da Graça que foi enganada pelo Manuel
Celestino e atirou o filho recém-nascido para o telhado; o coveiro de Pínzio que desenterrava os mortos para lhes tirar a roupa; sucessos inauditos e relatos noticiosos, às vezes prognósticos e adivinhações.

 Aqui podem ver uma copia desses panfletos.
 Se não consegue ler, clique 2 vezes na imagem e uma vez quando aparece

 
 Mesmo estas coisas precisavam do carimbo " Visado pela censura"


FONTE:http://torredemoncorvoinblog.blogspot.com/
                              *************

No tempo em que passavam pelo Terrenho " os mais velhos ainda se lembram" essas pessoas traziam os filhos com eles, que, de tantas vezes passarem pela aldeia,  chegavam a criar laços de amizade com as crianças da terra que adoravam aprender com eles as cantigas em pré-estreia.

 

PERGUNTAS AO TEMPO

**********************************

O TEMPO PERGUNTA AO TEMPO,

QUANTO TEMPO O TEMPO TEM.

O TEMPO RESPONDE AO TEMPO

 QUE O TEMPO TEM TANTO TEMPO,

 QUANTO TEMPO O TEMPO TEM. 

***********************************