quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

PATRIMONIO 7


Uma parede pode ser bonita.
Humana.

Um muro não. Nunca é.
Basta abrir os olhos e ver.
Texto e fotos: J.C.

sábado, 19 de dezembro de 2009

Ela bem tentou resistir, mas não lhe valeu de nada, ela seguiu o mesmo caminho que todas as outras, E verdade que elas são bonitas, estas portas, mas nos nossos tempos estamos habituados a um certo conforto e já não suportamos ter uma porta que deixa passar o vento , o frio e algumas até os gatos. ^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^

sábado, 12 de dezembro de 2009

1966 FESTA EM CASTEICÃO

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ Uma maltinha do Terrenho numa festa em casteição. Uns rapazes outros ainda rapazinhos. A esquerda.José Henrique, José Manuel, depois é um criado do sr. Delfim do Pedro, não me lembro do nome," se alguém se lembra", Delmar,Carlos C., Jaime do Cassiano e Luís Alberto Aqui temos: José Manuel,o criado do sr. Delfim ,Delmar, António Pereira, António Nascimento, Virginia C.,( ?), Lucília, Sesaltina, Josefina e a Laura. Na frente: José H. Jaime Cassiano, Carlos C. Luís A. e o sr. Cassiano. Como podem ver, hà aqui alguns que jà fumam, mesmo na frente do pai, é o caso do Jaime. """"""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

CÃES SALTIMBANCOS

video
 Não sei se é porque eles gostaram de ver o fotografo, ou se pediam a alguem para os tirar de là
--> -->,seja como for pareciam estar dispostos a continuar por muito mais tempo.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

FLOR DE AÇAFRÃO

Fotos de C. M. Se é com este que se pode fazer a especiaria mais cara do mundo , isso não posso afirmar, ele nasce no meio das fragas, giestas e rosmaninhos, começa a ter flor na primavera e fica, até ao outono . Se calhar temos a riqueza aos pés e não sabemos. Seja como for é uma flor bonita.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

IMAGENS DO OUTONO

Foto: Delfim B. Tertulho é o nome deste" míscaro" ele cresce debaixo dos castanheiros, ao contrario do verdadeiro míscaro que todos nos conhecemos e que esse se encontra nos pinhais. *************************************************







segunda-feira, 30 de novembro de 2009

SOPA DE LETRAS



Localizar entre as letras do quadro, as palavras indicadas,
que podem ler-se em qualquer direcção ou sentido.
Com as oito letras que ficam formem a palavra secreta.
C
A
S
T
A
N
H
A
S
O
L
E
G
R
O
P
I
P
N
M
O
R
D
O
M
O
R
O
A
A
T
E
O
O
B
O
V
R
V
R
R
U
N
A
C
E
T
U
U
T
G
O
I
I
M
E
A
O
H
I
T
L
S
B
L
N
A
C
N
E
S
R
O
E
M
U
L
E
H
Ã
O
S
O
U
T
O
V
L
O
T
E
R
R
E
N
H
O
I
O
R
D
A
S
S
A
R
R
S
S
M
C
A
T
S
E
F
A
G
I
P
O
R
E
J
O
Adro
Lume
Arder
Martelos
Assar
Martinho
Baile
Mordomo
Caruma
Novembro
Castanhas
Outono
Chuva
Pipo
Festa
Procissão
Frio
Sino
Gelo
Souto
Jeropiga
Terrenho
Vento
Autora: Claire D. **************************************

domingo, 29 de novembro de 2009

Hortas e Flores


Foto de. C. M.

No principio do mes de novembro era assim.
Boa esta ideia de misturar flores e couves.
*************************************************

Património – 3

Património – 3

Antes deste pavimento moderno, existiam no Cabeço 50 metros de uma calçada antiga, pelo menos com 150 anos.

Não era a mesma calçada da rua principal, feita de gogos de quartzo, já muito irregular e incómoda. Era uma calçada de granito, de pequenos elementos arredondados. E sendo uma rua menos utilizada, apresentava ainda um estado razoável e o piso era satisfatório.

Substituir essa calçada antiga por este pavimento moderno não trouxe vantagens a ninguém. Significou apenas despejar um bocado da história no ribeiro.

E agora, quem quiser saber o que era uma calçada antigamente, vai a Moreira de Rei, onde ainda resistem 30 metros.

Texto e foto: JC

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Terrenho

Foto: de C. M.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

FESTA DE S. MARTINHO 2009

video Como podem ver o publico não era muito, é pena, quando vimos o esforço que algumas pessoas fizeram para que tudo se passa-se bem, tanto os que fizeram o magusto como os mordomos. E verdade que o tempo não estava para sair de casa por causa da chuva, mas como já tinha dito os melhores estavam lá. O rancho das Arnas que vemos nas imagens, teve que actuar na sala do "centro de dia" que fica no adro e assim já não tem a mesma graça. Esperemos pelo ano que vem.

sábado, 21 de novembro de 2009

TERRENHO S.MARTINHO 2009

***************************************************** Este ano houve como é hábito , muitas castanhas assadas, vinho e jeropiga, mas a chuva também foi muita , por isso as pessoas foram poucas para assistir ao magusto, seja como for os melhores estavam lá. Estou a preparar um pequeno filme e algumas fotografias para mostrar como foi este dia de S. Martinho.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Magusto


Brevemente deverão chegar noticias e fotos do magusto deste ano ( que parece foi acompanhado de alguma chuva).
O Zé está pelo Terrenho, acompanhando de perto.
Enquanto isso, continuamos com alguns problemas na pagina do blogue que estamos a tentar resolver.
Pedimos alguma paciencia neste entretanto.
Obrigado
Um abraço para todos
António Carlos

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Património 4

A lembrança já não é muito exacta, mas creio que há muitos anos, este cruzeiro do Santo Amaro era diferente. Em lugar da cruz que o encima hoje, havia uma especie de cálice de pedra, onde eram colocados ex-votos de promessas feitas. Lembro-me perfeitamente de ver lá braços e pernas feitos de madeira, por cima do nicho.
Não tenho a certeza de haver a cruz de hoje.E a ser assim, ela veio substituir a copa antiga. Onicho é que perdeu com a troca, e a nossa memória também.
Texto e foto: J.C.

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

CASTANHAS

*****************************************
A primeira foto, é um castanheiro longal e este tem a particularidade de ser do soito longal, local que os mais antigos conhecem também pelo nome de cemitério dos burros, era lá que se enterravam os burros 'dizem', neste soito havia um castanheiro longal que tinha um tronco tão largo e( ôco) vazio no interior que se podia entrar lá dentro com o carrinho de mão para cortar as partes secas, que depois serviam para nos aquecer em casa.
Depois estão algumas variedades de castanha, as mais conhecidas , verdial, longal eu também ouvia falar da castanha martainha mas não tenho foto para vos mostrar e em ultimo o melhor, as castanhas assadas e a jeropiga, que servirão a fazer crescer água na boa aqueles não poderem ir ao Terrenho para o S. Martinho, EU VOU .
Outro castanheiro que muitos de nos ainda conheceu e que infelizmente já desapareceu,o castanheiro cabano.
***************************************

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

CRUZES NAS SOLEIRAS DAS PORTAS

Já aqui tinha falado das cruzes que existem nas soleiras das portas no Terrenho e não só, também existem em muitas outras terras da beira interior, como está provado neste documento publicado no site. http://www.cm-belmonte.pt/Pdf/actaspatrimoniojudaico.pdf Aqui pode encontrar este e outros documentos que provam a passagens dos 'cristãos novos' judeus pelo Terrenho. Também aqui se pode ver que o Terrenho nesta altura( 1735) pertencia à villa de Moreira de Rei. *********************************************** Eleições Autarquicas 2009 Resultados Junta de Freguesia Terrenho: PSD/PPD:63 PS:65 PCP/PEV:0 Nulos:2 Brancos:0 Votantes:130 ****************************************

terça-feira, 13 de outubro de 2009

PATRIMÓNIO 2

O povoamento do Terrenho vem do tempo do rei D. Dinis. Era um lugar privilegiado, aberto ao sol nascente, rico em solos e águas que chegavam da serra. Isso determinou a importância económica que teve, comparado com outros lugares do concelho. A rua principal, a Fortunato Tavares, teve calçada antiga, do cemitério ao Cabeço. Isto quando outras terras ainda chapinhavam em lamaçais. Agora está coberta de alcatrão, e isso retirou-lhe dignidade. A calçada velha era irregular e inadequada. Mas merecia uma calçada nova, de granito, como outras terras têm. E este arranjo, ali na rua de Cima, não tem classificação. É impossível inventar coisa mais feia. Foto e texto: J.C.

Barragem Com Lixo

Clic em , Os Portugueses essa Gente, para ler os comentàrios Os portugueses, essa gente sempre pronta a deixar a sua marca pelo mundo fora ****************************************** 18 de Agosto de 2009 por Luis Rainha Na barragem do Terrenho, não se via hoje vivalma. Mas os resquícios do animado picnic da véspera ainda animam a paisagem. Bem gostariamos que estas coisas não voltassem a acontecer, mas não é o caso. Esta foi a imagem que um turista guardou depois de ter passado pela barragem do Terrenho no mês de agosto 2009, os autores talvez se reconheçam. Fonte: file:///C:/Documents%20and%20Settings/José/Mes%20documents/lixo%20barragem.htm

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

DECRETO - LEI QUE MUDOU AS 'FRONTEIRAS' DO TERRENHO

**********************************
*************
Este decreto-lei mostra como ficou oficial a passagem dos limites do Terrenho com a Torre, que era o ribeiro da aldeia nova, em parte e que depois passou ser o ribeiro do vale azedo. .................................................... Doc. Enviado por: D. M.
........................................................
Para ler o documento : Clique Aqui

sábado, 3 de outubro de 2009

CONVERSA ENTRE VIZINHOS (2)

video
....................................................................
Obrigado à sra Sucena e à sra Alzira por estes momentos, que nos fazem recordar muitas coisas.
....................................................................

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

PATRIMÓNIO 1 - TERRENHO-

Nem sempre damos ao assunto a importância que ele merece. Mas a verdade é que, se não guardarmos o passado, ficamos sem presente e sem futuro. Perdemos tudo e deixamos de entender a vida.
As paisagens, as paredes, os caminhos e as coisas em que nos criámos, fazem parte de nós. Claro que o mundo muda e a vida traz coisas novas. Ainda bem. Mas as coisas velhas deveriam ser respeitadas, sempre que possível.
Isso nem sempre tem acontecido, desde que há 35 anos temos liberdade para escolher. E nem sempre os responsáveis pelas juntas de freguesia escolheram bem. Tentarei mostrar aqui alguns exemplos disso.
Pelo Terrenho passava, há perto de mil anos, uma estrada medieval, que ligava Moreira de Rei a Penela, e às terras da Lapa. Descia do Montrangão, passava na ponte velha de S. Sebastião, subia à Varela, seguia ao moinho velho do Vale Azedo, e ainda hoje existem 50 metros de pavimento perto de Mendo Gordo. Em vias de desaparecerem.
Podemos perguntar: - E para que é que isso serve hoje?! Para uma coisa muito importante, que é mostrar-nos o que era uma estrada há mil anos. Como é que os nossos tetravós se deslocavam.
As fotos mostram o pouco que resta dessa estrada, na subida dos Vales e no Vale Azedo. A nova capela de S. Sebastião foi construída em cima dela. Não foi uma boa ideia!
JC.

Texto e fotos : J. C.
..............................................