sexta-feira, 30 de outubro de 2009

CASTANHAS

*****************************************
A primeira foto, é um castanheiro longal e este tem a particularidade de ser do soito longal, local que os mais antigos conhecem também pelo nome de cemitério dos burros, era lá que se enterravam os burros 'dizem', neste soito havia um castanheiro longal que tinha um tronco tão largo e( ôco) vazio no interior que se podia entrar lá dentro com o carrinho de mão para cortar as partes secas, que depois serviam para nos aquecer em casa.
Depois estão algumas variedades de castanha, as mais conhecidas , verdial, longal eu também ouvia falar da castanha martainha mas não tenho foto para vos mostrar e em ultimo o melhor, as castanhas assadas e a jeropiga, que servirão a fazer crescer água na boa aqueles não poderem ir ao Terrenho para o S. Martinho, EU VOU .
Outro castanheiro que muitos de nos ainda conheceu e que infelizmente já desapareceu,o castanheiro cabano.
***************************************

5 comentários:

Anónimo disse...

Tens sorte, eu não vou poder fazer o mesmo, as castanhas do Terrenho são do melhor que há, tenho visto bastantes à venda aqui em Loulé e por sinal são de Sernancelhe bem perto da nossa terra mas não é nada que se pareça,come lá três ou quatro por mim e acompanha com um copinho de geropiga, para o ano pode ser que calhe. Um abraço ALCINA

virginia disse...

Quem me dera, poder ir também, mas
não é possivel, entretanto gostei muito de ver as castanhas. Deu para matar as saudades,mas espero poder comer as castanhas no Natal,porque minha irmã vaí trazer se Deus quiser. A geropiga nem me lembro mais que gosto tem, depois coloque no blog o magusto, por favor
um abraço
Virginia.

Conterraneo disse...

Pois, eu tambem não pude ir...mas as castanhas chegaram cá, e a geropiga tambem...Obrigado
Um abraço
António Carlos

Anónimo disse...

Não sei se o magusto foi feito da maneira tradicional porque, tanto quanto sei hoje foi um dia de chuva lá no Terrenho, mas de certeza que arranjaram maneira de assá-las, logo veremos a reportagem porque o repórter está lá, um abraço para todos. Alcina

Helder Reis disse...

Um grande VIVAAA!!! para as castanhas desta terra.
Telnho a felicidade de ter um amigo dessa zona que anualmente me tem proporcionado um magusto de 5 estrelas.