segunda-feira, 23 de abril de 2012

Canções De Embalar


Uma cantiga ou  canção de embalar é uma cantiga que as mães, avós, ou as amas cantam aos bebés, para os fazerem dormir mais depressa.
A cantiga de embalar tem a particularidade, de ser uma melodia calma e com um ritmo lento que convida a adormecer.
As canções de embalar existem em todos os países, mas diferem de uns para os outros.
algumas das canções mais populares que existem em Portugal são "dorme, dorme meu menino"rouxinol do bico preto " ," O papão vai-te embora... 
De que existem variantes conforme a região.





Há musicas antigas e tradicionais que ainda hoje são únicas, na forma como podem colorir a aprendizagem e a brincadeira. Muitas mulheres preferem hoje cantar musicas de embalar mantendo o ritmo mas escolhendo uma letra de uma canção mais actual, que lhe agrade. Especialistas em musica defendem que o andamento de uma musica de embalar é o andamento do batimento  cardíaco. Quando cantamos canções de embalar estamos a educar e a comunicar o nosso afecto. por isso, pode escolher as letras, já que a musica, é sempre do coração

                                        

                                           Aqui vão algumas para recordar






Quem tiver filhos pequenos   
Sempre lhe deve cantar   
Quantas vezes a mãe canta   
Com vontade de chorar.



Vai-te embora papão feio    
Para cima do telhado   
Deixa dormir o menino   
Um soninho descansado.


O meu menino é d'ouro     
D'ouro é o meu menino   
Eide levá-lo ao céu    
Enquanto for pequenino.


Rouxinol de bico preto   
Deixa o bago do loureiro   
Deixa dormir o menino   
Que está de sono primeiro.


O meu menino tem sono    
Tem soninho quer dormir  
Tragam os anjos do céu  
Roupinha para o cobrir.  





Dorme dorme meu menino    
Qu'a mãezinha logo vem   
Foi lavar os cueirinhos  
À fontinha de Belém.

 

Dorme, dorme meu anjinho,
Meu raminho de jasmim;
Eu vou chamar por Jesus,
Que venha p’ra o pé de ti.

Ai lé lela, ai lé lela,
Ai lá lela, ai lé ló,
E é a primeira cantiga
Que m’ensinou la minha avó .


Rola, rola, meu filhinho   
No teu berço de alecrim…
Lençóis de cambraia fina,
Cobertores de cetim.


Ó meu filho dorme, dorme, (bis)
Olha o, papão que alem está...
Ó papão, vai-te embora, (bis)
Que o menino dorme já.
Ó- ó ,  ó - ó , ó - ó ....

O meu menino quer dormir
E o sono não quer vir:
Tem um olho cerrado
E o outro não no pode abrir.

Porque choras, meu menino?
Porque choras, meu amor?
As tuas lágrimas, meu menino,
Cortam o meu coração com dor


Quando uma criança dorme,
Vêm os Anjos, a sorrir,
Abrir as portas do Céu,
Para Deus a ver dormir


3 comentários:

Anónimo disse...

Lindo Poema e era assim , que nos tempos antigos se adormecia as crianças.

Tansmontana e Abraçinhos.DePORTUGAL

Anónimo disse...

Não existe isto YouTube ou em formato áudio?

José Mateus disse...

Ola
Em formato Audio é so clicar.

https://www.youtube.com/watch?v=Iv0rLpCV_hw

Em Video.

https://www.youtube.com/results?search_query=can%C3%A7%C3%B5es+de+embalar